Estamos em uma data muito importante: o dia internacional da educação.

A Intebra tem contribuído para o avanço da acessibilidade às pessoas com deficiência visual ao ensino, através das esferas de aço para caneta Braile.

Movimento além dos olhos – Dia internacional da educação

A inclusão de alunos com deficiência visual vem a anos, buscando sua institucionalização e normatização, visando assim, a igualdade, preservando o respeito às diferenças contidas no ambiente escolar.

Braille no ensino à pessoas com deficiência visual

Braille é o método de leitura através do tato para pessoas portadoras de deficiência visual.

No Brasil, o acesso a deficientes visuais ao ensino se deu através da escrita em Braille, criada na França no século XIX, por Louis Braille, onde, fomos um dos países pioneiros a adotar essa nova modalidade de escrita.

José Álvares de Azevedo, trouxe o Braille para o Brasil em 1850.

O sistema Braile se mostrou o modo o mais completo e eficiente de comunicação, informação e acesso à educação ao deficiente visual.

Seus caracteres são lidos por meio de esferas que podem ser traduzidas por letras simples, acentuadas, números e até notas musicais.

Mediante a importância do acesso aos deficientes visuais à educação, tais esferas precisam ser colocadas com precisão e estar uniformes, afim de que o estudante possa interpretar cada símbolo.

Veja abaixo o alfabeto Braille:

alfabeto Braille

Esferas de aço e a acessibilidade

Podemos comemorar algo muito importante no dia internacional da educação:

A inclusão a pessoas com debilidade visual, felizmente, já é uma realidade no Brasil.

Uma série de exigências foram estipuladas para garantir esse direito. Assim, desde informativos, placas de sinalizações, livros e diversos outros itens precisam estar adequados a essas normas para que a acessibilidade esteja garantida a todos.

Um dos principais pontos se tratando de esferas de aço na utilização do Braille é a sua durabilidade.

O material confeccionado com escritas em Braille precisa ter uma longevidade considerável se tratando de que essa peça será fundamental para o aprendizado do deficiente visual.

Dado essa importância, as esferas podem ser dos seguintes materiais: aço inoxidável, acrílico ou plástico.

Saiba mais sobre esferas para caneta Braille abaixo:

esfera caneta braille